Como dividir uma redação?

por Grupo Editores Blog.

 

O que todos sabem é que precisar ter um começo, meio e fim, ou mais conhecido como introdução, desenvolvimento e conclusão. Mas o que precisa ter em cada um deles?

 

O que eu escrevo para conectar um ao outro?

 

Na introdução, é necessário dar início ao tema que vai ser falado, precisamos contextualizá-lo, ou seja, mostrar em que momento aquilo se tornou importante e quais são as opiniões expostas sobre este tema. Lembre-se de criar uma teoria que vai causar impacto, mas que faça sentido.

 

Em seguida, damos continuação no desenvolvimento, definindo qual a ideia central e como você chegou nessa ideia, quais são seus argumentos.

 

Explique o motivo que você está rebatendo a ideia, se você concorda ou discorda e o porquê. Fechando esse raciocínio, retomamos aquela teoria na conclusão.

 

Devemos sugerir uma ação sobre essa teoria, não esqueça de detalhar muito bem o que se deve fazer, quem deve agir, com qual finalidade e como deve ser feito. Pois, dessa maneira, conseguimos aumentar o nível de interesse do leitor e ainda fechamos o assunto.

 

É importante que não seja algo do senso comum, que sabemos que não acontecerá, por exemplo: dizer que os políticos devem dar dinheiro aos moradores de rua para comprarem uma casa e ninguém mais morar na rua.

 

Pense, repense, elabore, escreva, leia e confirme se está de acordo com aquilo que você pensa.

 

Autora: Samara Trovão, Técnica em Administração de Empresas, pela ETEC Parque da Juventude; graduada em Letras, pela Universidade Estadual do Centro Oeste; pós-graduada em Formação em Educação a Distância, pela Unip; graduanda de Tradução e Intérprete, pela Uninove. Possui inglês avançado, pela Fisk. Trabalho freelance com revisão e tradução de texto.

Você também pode se interessar por:

Deixar um Comentário